Beleriand - The First Age

RPG dos Escritos de Tolkien
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol

Ir em baixo 
AutorMensagem
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Ter Jul 27 2010, 21:00

A imperiosa montanha de Menegroth, localizada na floresta de Region, atual Doriath. Aqui está concentrada a maior parte do povo de Thingol, todos elfos, porém com distinções diferentes: alguns elfos-verdes, outros elfos-cinzentos. Também há, por sorte, o cinturão de Melian, que protege Menegroth dos males e dos indesejados, permitindo que seu povo saia e viva livremente em toda Doriath.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: A Indisposição do Rei   Ter Jul 27 2010, 21:59

Naquele dia, a população de Doriath acordou inquieta. Uma multidão se agrupava nas portas do palácio do Rei. Os campos estavam abandonados, as toras foram esquecidas, a fogueira queimou até a última madeira, e o povo de Doriath suspirou infelizes. Thingol, o Rei, havia enfraquecido as forças; sua mente estava fechada e quase já não raciocinava com clareza. Talvez fosse os últimos dias do Rei.

Sentindo-se previlegiado, Celeborn abriu as portas do Palácio do Rei. A multidão se calou, o povo olhou, Celeborn viu o olhar triste e curioso de cada elfo, e isso tardou sua fala. Abriu a boca, mas apenas alguns segundos depois o som saiu. Enquanto falava, pusera suas mãos uma em cima da outra.


Povo de Doriath, elfos verdes e cinzentos, venho a vós com notícias de nosso caro e amado Rei.

Celeborn levantou os braços, como se rezasse, e gritou em alto e bom tom.

Nosso Rei vive! - O povo gritou, a voz de Celeborn foi borrada e jogada contra as paredes, ficando inaudível a uma distância que seria escutada - Ele se recupera, porém suas forças não o permitem se locomover ou esforçar a mente. Eu, Celeborn, fui escolhido pelo rei para governar o povo durante a sua "ausência".

O povo continuou a vibrar, porém a maior parte deles parou por instantes para ouvir e julgar, alguns suspeitando que Celeborn estivesse tomando posse do reino para ele. Porém nenhuma suspeita concreta foi formada, apenas teorias. Após uma pequena festa, o povo partiu para comemorar juntos pelos salões de Menegroth. Foi quando Celeborn ordenara a Thranduil, um elfo de Doriath.

Mande aprimorar as muralhas e a situação de nosso povo, desejo expandir nossa influência.

Thranduil assentiu, se virou e partiu. Celeborn ficou a apreciar a beleza dos salões de Menegroth, ainda mais belo quando pensava que mandava por enquanto, e saiu a passos lentos, apreciando cada coluna, cada parede, cada mancha e cada buraco no meio da cidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Qua Jul 28 2010, 13:24

Thranduil foi elegido comandante das tropas de Doriath por simples motivos: Sua habilidade e o treinamento digno de ser treinar Sentinelas de Doriath. Celeborn o enviou junto com os outros batedores para rondar as áreas de Doriath: A floresta Dourada e Brethil. Antes de partir, Thranduil deu as ordens de Celeborn a Daeron, o menestrel, que repassou aos oficiais, e as obras começaram, assim como mensageiros partiram de Doriath.

Pelos palácios de Doriath, Celeborn andava sereno, observando e alisando cada coluna que via pelos cantos, abençoando aquele palácio que agora seguia suas palavras. Ele queria dominar uma porção do mundo, e invejava Eriador e as demais regiões de seus habitantes. Passou a mão em uma pilastra a seu noroeste, e por meio dela viu Daeron, o Menestrel, do outro lado da pilastra, observando algo de uma forma paralisante. Celeborn pensou que Morgoth atacava sua cidade, uma vez que com Thingol doente o cinturão perdeu suas forças, e já não surtia tanto efeito; mas ao seguir o olhar de Daeron, Celeborn viu uma moça de cabelo castalhos vestida com um manto azul marinho rodando com seus braços esticados. Ela cantava, e sua voz era doçe como mel. Celeborn somente não se encantou com a beleza da moça por que seu coração já pertencia a outra. E Celeborn andou lentamente até o outro lado, e sussurrou no ouvido de Daeron, que parmaneceu do mesmo modo.


O que há, jovem Daeron? Olha com tanto carinho e clamor para a filha do Rei que estou impresionado. Diga-me, a deseja?

Com a graça dos Valar, eu a amo! Mas sinto que não haverá força nesse romance, pois ela não me ama, e Thingol não responde as minhas preces.

A voz do jovem Daeron soou infeliz e com gratidão. Celeborn sentiu pena do coitado, pôs sua mão no ombro do rapaz lentamente, e com uma voz suave e profunda respondeu:

Que a graça dos Valar estejam contigo, e o destino seja outro! Pois quando o Rei Thingol está adoentado, eu, Celeborn, admitirei este romance, desde que aceito pela parte dela.

Daeron alegrou-se e olhou nos olhos de Celeborn, que sorria com o olhar de gratidão de Daeron, que se virou e partiu. Celeborn ficou um tempo a observá-lo até que saísse de vista, e então virou-se, trajando um manto branco com detalhes nas bordas azul claro, e foi até Lúthien, que rodopiava com os braços abertos, até se virar e dar de encontro com Celeborn, que segurou a mão dela, e por um momento Lúthien pensou estar sendo pedida em casamento.

Minha cara, a quanto tempo pretende ficar sem um noivado? Você precisa de um elfo que a ame, e vice-versa. O tempo passa lento, e o mal que os outros tem em seu coração cresce, e eles invejam mais e melhor. A vida de ninguém durará para sempre, enquanto estivermos neste mundo.

Pois a de meu noivo há de durar, e a minha também; pois não será hoje que me casarei, e pretendo ficar assim até o amor bater a minha porta.

Ele já bateu, minha jovem. Seu pai adoece, e provavelmente talvez não dure muito. Elfos não adoecem, portanto deve ser uma sina distante. Veja, Daeron, o Menestrel, um elfo de alto prestígio e habilidades, não pensa nele com algo a mais que conhecido?

De fato seus argumentos são bons, mas se eu o der esperanças aí sim ele não largará do meu pé, ou acha que não sei disso? Agora, se me der lisença...

Celeborn cedeu e saiu da frente, Lúthien caminhou em linha reta, e nem se quer se despediu de Celeborn, que passava uma mão na outra, olhando fixamente em Lúthien, imaginando alguma forma de unir seus dois companheiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Daeron



Mensagens : 1
Data de inscrição : 22/07/2010
Idade : 27
Localização : Campina Grande, Paraíba, Brazil

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Qui Jul 29 2010, 21:29

Daeron, o Menestrel estava consciente de sua situação. Apesar de seu conhecimento, habilidades e influência, não conseguia levar seus planos adiante. Não acreditava nas palavras de Celeborn, sabia que ela não iria permitir que isso acontecesse então apenas ouviu e foi embora tocar seu instrumento, aquele que não falha nunca, e se consolava com as cordas macias e o doce som que ouvia, sua música transparecia sua falta de esperança e cada toque saia como um pedido sutil para o vento de tirar sua respiração para que enfim ele fosse aos Halls of Mandos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Sex Jul 30 2010, 01:34

Celeborn, que vagava pelos salões, ouviu o som dos instrumentos de Daeron. Ouviu pela primeira vez e paralisou, olhando o ar e analisando o vento, antes de se agitar e andar a passos rápidos até encontrar a origem: Daeron. Olhou-o tocando tão profundamente que sentira a dor que o jovem elfo sentira, e era testemunha de um amor impossível. Celeborn irritou-se consigo mesmo, por não fazer nada a respeito, e partiu para ação, se aproximando de Daeron em sintonia com que tocava, até chegar perto o suficiente para poder sussurrar.

Daeron, meu jovem, irá tocar seus equipamentos, até não ter mais força para falar? Diga-me o que lhe aflinge, e tentarei corrigir esse buraco aberto. Não é de hoje que você se escantia e seu fascínio o espeta. Apesar de não ser tão cedo quando suas arpas irão aliviar sua dor.

Celeborn esfregou suas mãos umas nas outras, e maquinou enquanto Daeron ouvia e refletia, simplesmente correndo contra o tempo antes que a maldição que pegara Thingol retorne, ou Lúthien passe por ali e ouça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë Súlimo
Admin
avatar

Mensagens : 131
Data de inscrição : 26/06/2010

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 10:42

POST INTERPRETATIVO
Enquanto Celeborn concentrava-se em conversar com Daeron, Thranduil, futuro rei da floresta, retornara com seus batedores.
Eles adentraram os portões rapidamente, correndo pelos salões de Menegroth com enorme preça, e muitas vezes se barravam com os civis.
Abriram caminho entre a enorme população de Doriath, muitas vezes sendo insultados, mas não ligavam. Após muito correrem, notaram o crescimento de Menegroth, então muito desistiram, e Thranduil pouco se importara, já que corria na frente de todos os seus companheiros, que de 100 somente 10 o seguiam.
Chegou, porém, aos portões do Palácio de Thingol, e os guardas feicharam suas lanças. Os soldados de Thranduil chegaram logo atrás dele, saltando entre o povo e surgindo como sombras da noite, quando seu chefe estava sendo informado que Celeborn não estava ali, virou-se e partiu, correndo até dar de cara com Daeron, e logo em seguida, com Celborn. Apressou-se, chegando a seu patrão, e lhe cutucara várias vezes enquanto pegava fôlego.

_________________
" Ele (Manwë) foi designado para ser, na plenitude do tempo, o primeiro de todos os Reis: senhor do reino de Arda e governante de todos os que o habitam. Em Arda, seu prazer está nos ventos e nas nuvens, e em todas as regiões do ar, das alturas às profundezas, do limites mais remotos do Véu de Arda às brisas que sopram nos prados. Súlimo é seu sobrenome, Senhor do Alento de Arda."- o Silmarillion
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://firstage.forumeiros.net
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 16:04

Celeborn sentira algo estranho, como se uma sombra se abatera sobre seu coração, e uma onda de tormentos viria a tona. Virou-se assustado, e identificou seu amigo, Thranduil, general-chefe de Doriath, recém-nomeado o mesmo. Celeborn apressou-se a falar, com um tom suave e com a voz pesado.

Thranduil, meu amigo, o que ocorrerá para que saltasse de seus postos para apressar-se até mim?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë Súlimo
Admin
avatar

Mensagens : 131
Data de inscrição : 26/06/2010

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 16:13

POST INTERPRETATIVO
Thranduil, General-Chefe de Doriath, agaixou-se em honra a Celeborn, novo nome de Lei em Doriath. Sua mente boiava de um lado a outro, e escolhia as palavras imóvel, ainda abaixado e de olhos fixos em Celeborn. Estava pronto; levantou-se e olhou Daeron, mas em um segundo retornou os olhos a Celeborn, e sua aparência era séria e não tinha ordens, pois ele era o mais alto patente nas buscas de reconhecimento de Doriath. Falando normal, porém atormentado e com a voz oca, respondeu a Celeborn, não tão apressado como antes, o que deu a impreensão de ser algo simples.


Senhor Celeborn, estive fazendo o reconhecimento em Brethil quando um soldado me alertou: há um vilareijo de uma raça estranha, que não envelhece, mas também não se parecessem com Elfos. Suspeitamos serem algum tipo de mestiços.

_________________
" Ele (Manwë) foi designado para ser, na plenitude do tempo, o primeiro de todos os Reis: senhor do reino de Arda e governante de todos os que o habitam. Em Arda, seu prazer está nos ventos e nas nuvens, e em todas as regiões do ar, das alturas às profundezas, do limites mais remotos do Véu de Arda às brisas que sopram nos prados. Súlimo é seu sobrenome, Senhor do Alento de Arda."- o Silmarillion


Última edição por Manwë Súlimo em Dom Ago 01 2010, 16:29, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://firstage.forumeiros.net
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 16:25

Celeborn sentira uma enorme sombra no coração de Thranduil, e pusera sua mão no ombro de Daeron quando Thranduil olhara para o mesmo. Celeborn desconfiara que algo estranho havia com Thranduil, e que talvez precisasse de ajuda, mas não sabia como. Olhou com uma olhar profundo a Thranduil que não sentiria muita intimidação pois é um elfo nobre e inteligente, mas seus companheiros sentiram-se intimidados a contarem a verdade, e preferiram, pela primeira vez, pedir demissão. Porém Celeborn não aceitaria desistência, e muito menos injustição.

Thranduil, é esperto o suficiente para saber que temos como revidar a qualquer ataque. A solução é fácil: mande um espião e um mensageiro, que o espião entre quando o povo se esconder, e o mensageiro surja para fazê-los se esconder. Leve, também, três arqueiros com o mensageiro, para protegê-lo do mal. Mais alguma coisa o incomoda, meu caro?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë Súlimo
Admin
avatar

Mensagens : 131
Data de inscrição : 26/06/2010

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 16:39

POST INTERPRETATIVO
Thranduil se intimidara, de fato, mas foi tão pouco que se tornou insignificante. Mas isso atormentara-o ainda mais, e ele soltou seus pensamentos, e disse tudo o que tinha para falar, pois havia feito uma pausa que Celeborn julgou ser um final.



Não foi só isso, senhor! Seu filho, Amroth, que se juntara as forças armadas de Doriath, quase foi morto em uma emboscada. Estávamos vagando sem preocupação em deixar rastros, quando flechas foram disparadas, e os Drúendain* apareceram das árvores, sem cesar fogo. Fui salvo por Amroth, que me puxou e me escondeu junto com ele em um tronco, e dos dez companheiros apenas três sobreviveram, um deles tendo fugido, e os outros dois feridos. Os arqueiros se aproximaram deles, e, com um salto, eu e Amroth matamos todos, já que eles não se renderam nem estando desarmados. Notamos a raiva nos olhos deles, e, adiante, vimos cerca de seiscentos Drúendain marchando. Corremos, e portanto estamos a salvo. Senhor, quais as ordens?



Thranduil falou como se visse a situação em sua frente, e seus pensamentos amaldiçoavam aquele momento, e torravam em chamas as suas dúvidas que haviam se rebelado contra Doriath. Olhou desconciente, mas em segundos acordou e fitou Celeborn e seus olhos verdes anti-stress.




*
O povo de Haleth. Homens de cabelos escuros, com seus olhos escuros como as pupilas, voz profunda e difícil de entender, ótimos guerreiros.

_________________
" Ele (Manwë) foi designado para ser, na plenitude do tempo, o primeiro de todos os Reis: senhor do reino de Arda e governante de todos os que o habitam. Em Arda, seu prazer está nos ventos e nas nuvens, e em todas as regiões do ar, das alturas às profundezas, do limites mais remotos do Véu de Arda às brisas que sopram nos prados. Súlimo é seu sobrenome, Senhor do Alento de Arda."- o Silmarillion
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://firstage.forumeiros.net
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 16:57

Celeborn tirou a mão do ombro de Daeron, a seu lado direito, e escutara seriamente. Ao terminar, Celeborn possuia ira em seus olhos, que fulmejavam tons verdes, e ele se irritava com o avanço dos Drúendain. Olhou nos olhos de Thranduil antes de responder, e sua ira tornou-se em paciência, pois confundira os sentimentos.

Thranduil, mande que construam uma defesa a leste de Menegroth, em uma região nem tanto próxima das fronteiras. Utilize suas habilidades secretas de vagar nas florestas e instrua soldados, e os leve contigo até esta defesa, que chamará de Galadhost, e sua legião de Galadhrim. Amroth, meu filho, deverá ficar e repassarei ordens para o mesmo.

Assim terminou Celeborn, colocando a mão no ombro de seu filho, que se trajava como os outros, e se destacara do grupo quando andara até o lado esquerdo de seu pai, que o olhou com enorme carinho e preocupação.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Manwë Súlimo
Admin
avatar

Mensagens : 131
Data de inscrição : 26/06/2010

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 17:11

POST INTERPRETATIVO
Amroth surgiu por trás de todos, e caminhou até seu pai. Thranduil o seguiu com os olhares e assim que parou Thranduil falou, com um tom firme e agora com certeza do que fazia, não parecia o mesmo que chegara.


Está certo, lord Celeborn! Descerei e ordenarei nosso contra-ataque, e eles não hão de ousar se aproximar mais cinqüenta metros depois que verem nossos exércitos!


Virou-se e andou calmamente com sua escolta. Ordenou que juntassem os batedores que se dispersaram no caminho, e reuniu-se com o chefe de Obras do estado, e deu as ordens de construção. Como era o General-Chefe, foi até as clareiras de Treinamento, juntando o máximo de civis que podia pelo caminho, e logo iniciou os treinamentos e recrutamento, dando valor a cada elfo habilidoso que visse.

_________________
" Ele (Manwë) foi designado para ser, na plenitude do tempo, o primeiro de todos os Reis: senhor do reino de Arda e governante de todos os que o habitam. Em Arda, seu prazer está nos ventos e nas nuvens, e em todas as regiões do ar, das alturas às profundezas, do limites mais remotos do Véu de Arda às brisas que sopram nos prados. Súlimo é seu sobrenome, Senhor do Alento de Arda."- o Silmarillion
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://firstage.forumeiros.net
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 17:31

Celeborn assentiu com a cabeça, e esperou que Thranduil partisse e sumisse de vista, acompanhando-o com os olhares. Virou-se, então, para Daeron, e pegou em seu ombro com sua mão direita, a uma distância que seu braço ficava totalmente esticado, enquanto seu braço esquerdo, no ombro de seu filho, estava totalmente dobrado. E aquilo foi como uma despedida, e certamente Daeron entendeu que Celeborn estava, ainda, a espera de uma resposta.

Desceu com seu filho ao seu lado, e conversaram pelos salões de Menegroth até chegarem nas profundezas de Menegroth, onde se virou de lado, ou seja de frente ao seu filho, pegou em seus ombros e falou para o mesmo, com um olhar preocupado e uma voz pesada de temor.


Meu filho, tivera chances de perder sua vida, e se separar de mim por muito tempo. Não pode continuar em meio ao perigo. Marche ao leste, e lá estabeleça cidades, e por lá fique até que alguém - ou eu mesmo - vá até você. Leve contigo, também, seu filho Malgalad e sua esposa Nimrodel.

Amroth assentiu, e continuaram a andar, adentrando a profundeza mais profunda de Menegroth. Pararam a frente de uma porta em formato de arco de madeira preta com placas de ferro, escura e escondida no fim de Menegroth e Celeborn virou-se a seu filho novamente, e disse:

Vá lá, e junto ao ferreiro-mestre que vive de plantão e faça com suas próprias mãos as melhores espadas que Menegroth já viu.

Seu filho assentiu novamente, e adentrou os portões com dificuldade, exercendo força aos seus braços, cruzados e empurrando a porta. Era pesada, e provavelmente foi feita, também, para último recurso. Enquanto a Celeborn, este subiu, e esperou por seu filho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celeborn

avatar

Mensagens : 51
Data de inscrição : 27/07/2010

Ficha do personagem
Nome: Celeborn
Título: 3
Armas: Espada Longa Noldorin

MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   Dom Ago 01 2010, 18:50

Amroth saiu das forjas, e, quando subiu os olhos, viu que Celeborn permanecera ali, olhando para a porta. Se assutou, mas logo estendeu as mãos com os leves produtos de seus feitos. Celeborn olhou, e notou Anglachel, mas não repreendeu Amroth. Celeborn segurou as mãos de Amroth, e as levou até o tórax de Amroth, trazendo junto com as mãos apenas Annagal.

Fique com seus frutos, apenas desejo Annagal, e entregem uma de suas malhas a Thranduil, ele necessitará. Anglachel, junto com o resto, será útil em sua viagem. Pois desejo que vá as florestas do Leste, além das montanhas Nebulosas, até as florestas de Lórien, e assim quero que chame aquelas terras.

Subiram e se separaram. Amroth partiu no mesmo dia, e Celeborn também, porém este (Celeborn) foi até os reinos onde Amroth passará, pedir liçensa para o mesmo realizar suas ordens, tirando proveito do tempo. Consigo levava apenas uma espada comum da Infantaria Magnífica de Doriath e Annagal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Menegroth, as Mil Cavernas de Thingol
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Cavernas de Taki
» [CAERN] Grutas e Cavernas
» Caverna Ryūchi

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Beleriand - The First Age  :: Área On [Reinos e Cidades] :: Doriath, o Reino Dourado :: Menegroth-
Ir para: