Beleriand - The First Age

RPG dos Escritos de Tolkien
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Solonor Thelandira

Ir em baixo 
AutorMensagem
Celegorm O Louro

avatar

Mensagens : 89
Data de inscrição : 29/06/2010
Idade : 27

MensagemAssunto: Solonor Thelandira    Seg Jul 26 2010, 20:44

A cidadela dos elfos da Casa de Fëanor, se localizava nas encostas do Lago Helevorn. Cercada por uma longa muralha de madeira, com portão também de madeira, duas torres de cada lado ao portão.

Era uma cidadela absurdamente rica, graças ao seu mercado e o comércio com os Anões de Belegost e Nogrod.

A cidade aparentava ser mais uma poderosa fortaleza do que uma cidade comercial, apenas mantinha a casa de Caranthír que era grande e majestosa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celegorm O Louro

avatar

Mensagens : 89
Data de inscrição : 29/06/2010
Idade : 27

MensagemAssunto: Re: Solonor Thelandira    Ter Jul 27 2010, 00:14

Em tempos antigos, o primogênito de Finwë, Fëanor, O Espírito de Fogo havia casado com Nerdanel, A Sábia filha de Mahtan, o ferreiro. Com o pai de Nerdanel havia aprendido todos os grandes segredos das forjas de metais, foi com Nerdanel que Fëanor teve Sete filhos.

Cada um havia herdado traços de semelhança do Pai e da Mãe, os Sete eram: Maedhros, Maglor, Celegorm, Caranthír, Curufin, Amrod e Amras. Quando seu pai havia falecido antes do Sol e da Lua se erguerem, nas proximidades de Angband, os Filhos de Fëanor haviam recuado de volta a Mithrim, aguardaram a chegada de Fingolfin e suas hostes. A ele deram boas-vindas e a majestade de se erguerem com o título de Rei Supremo dos Noldor, não possuíam desejo de arrumarem mais confusões devido as escolhas pelo temperamento de seu pai no passado, por isso acabaram por migrarem para mais ao Sul possível de Beleriand. Onde em Thargelion, Caranthír havia se tornado senhor e a Fronteira com Lothlann foi vigiada por Maedhros.

Seus demais irmãos vigiam por Beleriand Oriental em grande poder e majestade, mas aquela era uma ocasião demasiada especial. Pois todos os Sete com seus povos foram reunidos e convocados para irem até Thargelion, na cidadela de Solonor Thelandira.

E lá na casa de Caranthír em Solonor, estavam todos os Sete. Maedhros o Primogênito, com seus longos cabelos de vermelho profundo, não possuia uma das mãos, que havia se perdido há muito tempo no passado quando foi enganado por Morgoth e pendurado pelo braço em uma enorme parede lisa das Thangorrodrim, foi resgatado por Fingon, o valente filho de Fingolfin por quem ele sempre teve grande amor e amizade desde dias antigos quando ambos viviam em Aman e brincavam quando crianças. Na Fronteira de Maedhros lá ele manteve grande poder e resistência com sua brava cavalaria e armada élfica noldorrin, em Himring, sua principal fortaleza que manteve maior força e poder feita a imagem de Formenos em Aman, seu temperamento era por demais parecido com o de sua mãe, Nerdanel de quem havia herdado suas medeixas de longos cabelos ruivos, algo muito raro e incomum entre os eldar. Algo que também o fez herdar grande renome e respeito por entre os demais Elfos de Beleriand.

Por ser o primogênito da Casa de Fëanor, ele retinha na realidade o título de "Chefe" da Casa de Fëanor, ou assim pensavam, sendo que na realidade ele possuía maior respeito e adimiração de seus irmãos por ter passado por tantos pesares nesta vida. Mas não era de fato o "Chefe" pois de seus irmãos: Caranthír, Curufin e Celegorm também possuíam temperamentos severos, difíceis e afiados daqueles que traziam a lembrança e o âmago da personalidade de Fëanor, seu pai.

Acreditava plenamente que o cerco jamais iria segurar Morgoth para sempre, nem mesmo por muito tempo. Temia o poderio de Angband mais que qualquer Noldor, porém não era covarde, era bravo e terrível em combate sério e real.

Maglor, O Cantor também estava lá, dos Sete filhos de Fëanor era o mais poderoso e habilidoso nas artes da cavalaria, terrível e poderoso. Possuía muito do temperamento gentil de sua mãe, com seus profundos e lustrosos cabelos negros, feições belas e poderoso nas artes da magia pela voz dos Noldor, era forte no uso da entoação de palavras de poder. Foi brevemente o líder na Casa de Fëanor na ausência de seu irmão Maedhros, o maior cantor e poeta de todos os elfos.

Caranthír, o moreno, de todos os Sete era um dos que mais se apressava para o uso das espadas do que de palavras, fácilmente ficava irritado, reteve desde o início pouco amor por seus primos e tios, Fingolfin, Finarfin assim como seus filhos. Era destemido e bravo.

Curufin, o ferreiro, (Cyrefinn Fácensearo) entre os seus irmãos ele mais se aparentava em talentos, artes, personalidade a seu pai, Fëanor, também diziam que era seu filho favorito, não foi de bom grado que aceitou deixar Beleriand Oeste, indo para Beleriand Leste. Era um exímio cavaleiro e arqueiro, sempre acompanhava seu irmão Celegorm.

Amrod e Amras, ambos possuíam também cabelos ruivos assim como Maedhros, em Aman eles foram instruídos em grandes artes pelo povo de Oromë. Eram caçadores habilidosos e constantemente faziam grandes caçadas e passeios por toda Ossiriand.

O terceiro filho mais velho de Fëanor, era Celegorm que misteriosamente possuía longos cabelos dourados, traço que era do Povo dos Vanyar, era poderoso nas artes do povo de Oromë, sabia todas as línguas dos animais, era dono de Huan, seu fiel cão que o acompanhava por todos os caminhos. Possuia um temperamente explosivo, foi amigo de Oromë, conhecia muito sobre animais e feras. Era um bravo guerreiro, excelente caçador e grande cavaleiro.

Na casa de Caranthír, lá se encontravam sentados em uma grande mesa todos os Sete filhos de Fëanor. Estavam em uma grande banquete enquanto se mantiveram reunidos, quando Maedhros teria sido o primeiro a abrir uma conversa naquela mesa:


- Esse cerco que Fingolfin mantém não dará certo por muito tempo. Não enquanto nos mantivermos tão fechados nessas terras, Melkor não vai ficar preso para sempre.

- E para qual terras deveriamos ir? Para a Floresta ao sul com os Avari?! - respondeu Caranthír após ouvir a resposta de Maedhros.

Mas em seguida quem respondeu foi Celegorm enquanto havia retirado de sua mesa um cálice de ouro de vinho:


- Há muito tempo Melkor nos disse que se abandonassemos Beleriand, ele nos deixaria em Paz. Porém estamos ligados ao juramento de nosso pai, mas em minhas cavalgadas pelas Terras selvagens de Endor, além das Ered Luin, eu vi que existem lá, terras verdejantes, férteis! Se nós popularmos aquelas terras, poderemos ter maior poder e força no futuro para combatermos Morgoth e o prendermos entre o martelo e a bigorna!

Durante a conversa, há maioria foi de acordo quando pensaram que poderiam ficarem mais ricos com tais terras, mandariam Maglor para montar fortalezas em Ossiriand como era outrora combinado, Maedhros iria manter a força e vigilia do Norte, também ficaria no controle de Thargelion pois ela era o ponto mais lucrativo de comércio em Beleriand, graças ao comércio com os Anões.

Portanto assim o fizeram, após o término do Jantar, Maglor com mais dez membros de confiança de sua casa, partiu para Ossiriand. Celegorm, Caranthír, Curufin, Amrod, Amras e Celebrímbor filho de Curufin, partiram com mais 4.000 membros de sua casa, levando provisões, tesouros, e várias outras coisas para atravessarem as Montanhas Azuis e caminharem até o vasto Eriador, onde lá iniciariam um novo reino e um novo capítulo para a história do Mundo.

Marchavam com a esperança de manterem o poderio dos Noldor, com maior o desejo de reunirem forças para confrontarem Morgoth que se mantém com seu terror em Angband, no Norte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celegorm O Louro

avatar

Mensagens : 89
Data de inscrição : 29/06/2010
Idade : 27

MensagemAssunto: Re: Solonor Thelandira    Qui Jul 29 2010, 03:34

Agora como Senhor de também Thargelion, Maedhros observava o dever de fortificar seus domínios mais do que Caranthír pensará que havia feito em tempos passados. O assentamento que Caranthir havia colocado em Evermeet, foi aperfeiçoado para se tornar uma poderosa Fortaleza. Para lá também enviou quatro mil civis, fora mil soldados de sua infantaria mediana.

Para Himring ele havia enviado outros mil soldados de infantaria mediana, também com o constante crescimento do comércio anão, ele fortificou o Vilarejo de Ëarlann, enviando quinhentos soldados para o local, erguendo também quatro torres de ferro grosso e fundido cercando um ponto da estrada dos anões em quatro cantos, garantindo parada obrigatória, as quatro torres eram guardadas por duzentos dos melhores arqueiros, para cumprir as taxas de guarda em suas terras. Cercou a cidade com uma alta e grossa muralha de ferro, fortificou seus portões que ele sempre manteve aberto para as constantes comercializações.

Transferiu o mercado do norte para lá, abriu até mesmo em Solonor Thelandira um grande e altivo salão de festas para seu povo, que devido aos ricos veios de minérios das montanhas criavam belas obras e jóias em suas galerias e forjas ocultas, anões desciam do Monte Dolmed para obter conhecido com os povos dos Noldor, grande paz e harmonia ambos os povos dividiam.

Maedhros saia mais abertamente por caçada em suas terras com seus cachorros, os espiões de Melkor eram encontrados nas montanhas e assassinados. Seu palácio em Solonor assumiu grande poder e majestade, enquanto em Himring ele criava e treinava os mais bravos e austeros soldados que todo o norte jamais viu para fortificar aquele Cerco criado pelos Noldor. Cercou sua cidade perto do lago Helevorn com uma enorme e poderosa muralha de aço grosso e alto, com seu portão feito de aço alto e grosso, eram inexpugnáveis para os fracos orcs de Morgoth que bateriam contra as muralhas em vão.

Mas para si em sua cidadela em Solonor ele manteve seiscentos soldados de grande renome e poder para manter vigia e sua força ainda naquelas terras. Pois o ruivo primogênito de Fëanor era bravo, de coração nobre e firme, dos príncipes dos eldar ele era um dos guerreiros mais temidos. Suas terras e cidadelas estavam fortificadas o bastante para resistirem aos ataques furtivos que Morgoth mandava por locais sinistros e obscuros. E logo elas cresceriam o bastante para confronta-lo de frente.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Solonor Thelandira    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Solonor Thelandira
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Beleriand - The First Age  :: Área On [Reinos e Cidades] :: Thargelion-
Ir para: