Beleriand - The First Age

RPG dos Escritos de Tolkien
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 The dark chamber

Ir em baixo 
AutorMensagem
Melkor "Morgoth Bauglir"

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 29/06/2010

MensagemAssunto: The dark chamber    Qui Jul 22 2010, 20:40

A Câmara mais profunda de Angband, se encontrava depois de seus muitos labirintos, círculos de fogo, calabouços, prisões, covas, tocas e túneis.

Descritas por Beren e Lúthien como: "Desceram pelas escadarias labirínticas. E juntos realizaram o maior feito jamais ousado por elfos ou homens. É que chegaram ao trono de Morgoth no salão mais profundo de todos, sustentado pelo horror, iluminado pelo fogo e repleto de armas de morte e tortura. Ali, Beren, na forma de lobo, esgueirou-se para baixo do trono, mas Lúthien foi despida do disfarce pela vontade Morgoth, que voltou seu olhar para ela. Ela não se intimidou com os olhos de Morgoth."

Lá sua corte negra se reunia, orcs, trolls, lobos, lobisomens, balrogs e demônios de horror sem tamanho. E a sinistra majestade de Morgoth se mantinha imponente e assombrosa no norte, em seu trono negro onde seus pensamentos cruéis lhe passava pela mente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melkor "Morgoth Bauglir"

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 29/06/2010

MensagemAssunto: Re: The dark chamber    Ter Jul 27 2010, 20:23

Ora, quem conhece o pensamento de Morgoth? Quem pode medir o alcance das idéas daquele que, tendo sido Melkor, poderoso entre os Ainur da Grande Canção, maior de todos os Valar, estava agora sentado, um senhor sinistro, num trono sinistro no norte, avaliando em maldade todas as notícias que lhe chegavam por espiões, e percebendo mais nos atos e objetivos de seus inimigos do que mesmo os mais sábios deles temeriam, à única exceção de Melian, a rainha? Com frequência o pensamento de Melkor se estendia na direção dela, e era repelido.

Sentado em seu trono, envolto nas trevas de seus pensamentos sinistros seus ouvidos com relatos de espiões sobre Hithlum, Mithrim e diversas outras partes perto do cerco o enchiam de ódio e inveja. Esquematizava planos e mais planos com seus capitães e tenentes para como esmagar o poderio dos elfos logo, mas não poderia se impedir de realizar pequenas maldades para se deliciar em feitos cheio do âmago gosto da vitória da maldade. Pois no fim, os feitos malignos em suma eram a ele atribuídos e assim seria até o Fim dos tempos.

Para realizar feitos maldosos cheios de um plano escondido pelas sombras de sua mente, ele enviou Draugluin, Pai dos Lobisomens, mais 500 orcs da estirpe da raça negra para as Ered Lómin, onde lá executariam um dos feitos mais perversos de Morgoth em Beleriand. Foram cheios de temor e ódio por Morgoth, pois desde a Dagor Aglareb, que o Cerco a Angband foi feito, este já estava durando quase quatrocentos anos do Sol. Por um longo período desde então, nenhum servo de Morgoth se dispôs a sair de seus portões, por temor aos senhores dos noldor. E Fingolfin aparentava se vangloriar de que, a menos que houvesse traição entre eles mesmos, Morgoth jamais conseguiria romper o esconderijo dos eldar, nem surpreendê-loa desprevenidos. Contudo, os noldor não conseguiam nem conquistar Angband, nem recuperar as Silmarils; e a guerra nunca cessou totalmente em todo aquele período do Cerco, pois Morgoth inventava novas maldades e, de quando em quando, testava seus inimigos. Tampouco foi possível o cerco total à fortaleza de Morgoth, pois as Montanhas de Ferro, de cuja enorme muralha em curva se projetavam as torres das Thangorrodrim, a defendiam dos dois lados e eram intransponíveis aos noldor, em virtude da neve e do gelo. Assim, sua retaguarda e na direção do norte, Morgoth não tinha inimigos; e por essas vias às vezes saíam espiões, que por caminhos tortuosos entravam em Beleriand.

E, no desejo supremo de semear o medo e a desunião ente os eldar, Morgoth ordenou aos orcs que capturassem vivo qualquer um que pudessem e o trouxessem amarrado até Angband. E alguns ele amedrontou tanto com o terror de seus olhos, que eles não precisaam mais de correntes, mas viviam apavorados, fazendo sua vontade onde quer que estivessem. Assim, Morgoth ficou sabendo grande parte de tudo o que havia acontecido desde a rebelião de Fëanor; e se alegrou, vendo ali a semente de muitas dimensões entre seus inimigos.

Mas Angband não ficava para trás em nada do progresso dos noldor, pois Melkor estava ali desde antes dos eldar e não durmia, mas sim trabalhava dia e noite, incansável, cheio de crueldade com ódio ao coração assim naqueles anos o norte se enchia com o som das forjas e trovas perversas de Angband debaixo da Terra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melkor "Morgoth Bauglir"

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 29/06/2010

MensagemAssunto: Re: The dark chamber    Sex Ago 20 2010, 19:31

O chão ao norte tremia com o som cruel das forjas tenebrosas de Angband, que continha em sua superfície invernos mortais, em suas profundezas labaredas indomáveis, em meio aos círculos de fogo e orlas cruéis de monstros de Melkor, um ser pequeno, ínfimo pareceria diante dos seus olhos lhe foi trazido. Um anão de Belegost, era muito raro um anão ser pego por orcs e não ser morto no caminho, mas aquele havia resistido muito desde o encontro com os lacaios de Melkor nas Ered Luin.

Pois então para obter mais informações sobre aqueles seres, mais do que Sauron havia conseguido em eras do seu cativeiro, quando enviou orcs contra os anões em Gundabad, foi o Bauglir que lançou sua magia negra, suas lentas artes de tortura e crueldade por sobre aquele anão, com o pavor e terror de seus olhos, com a fúria e maldade de seu coração e espírito negro, ele levou aquele naugrim a loucura, fazendo o mesmo falar-lhe tudo que desejou saber, falou sobre os Sete Pais, seus nomes, as lendas de suas criações, falou dos lares de onde haviam vindo, falou de Khazad-dûm, falou de Durin I, também falou de Durin II, falou do Império, falou dos elfos noldor do Eriador, quando questionado sobre Durin I, Durin II, Aulë, o Império e sobre os elfos, nada mais ele disse, recusou-se com o pouco de vontade que havia lhe restado.

Visto que havia conseguido muitas informações do mesmo, inclusive seu nome, o nome de seus descendentes, parentes e informações do Povo de Belegost, ele enviou o mesmo para Sharkû, o Capitão Goblin nas minas do Norte, este recebeu a ordem de pessoalmente torturar Azaghâl II de forma cruel e perversa. Até mesmo ordenou que seus servos mais poderosos em magia o atormentassem com feitiços cruéis para aprofunda-lo em loucura tão grande que implorasse pela morte a Morgoth.

Já este sorria com o feito malévolo, porém mantinha raiva em seu íntimo em ver que o poderio dos elfos aparentava crescer para as terras vastas de Endor, pensava então que se cruzassem Endor, não iriam parar e logo conquistariam todo o continente que ali se estendia, Norte, Sul e Leste. Pois então enviou seus espiões de menor poder e importância, também enviou aqueles poderosos e de grande importância para lá observarem, enviou aos montes em grandes quantidades para irem pelo norte para entrarem em Endor, lá investigarem tudo. Soltou suas aves carníceras, morcegos e vampiros para espionarem a noite seus inimigos, lançou sombras para aquelas regiões para vigiar-lhes furtivamente, porque desejava saber de tudo que ocorria para nada mais lhe escapar dos ouvidos.

Enviou então para preparar um poderio Glok, Hlok, Plok, os três filhos de Rlúk, O Bruto e enviou Boldog também, aproveitou e mandou Girgluin, o perverso, um dos monstros que retinha em Angband para viver nas Montanhas e agir como Capitão no ataque na hora certa. Estes receberam ordens de irem para as Montanhas e lá fundar reinados para a hora certa de investirem e testarem a força élfica, Glok iria para as Montanhas Nebulosas, Hlok para Monte Gram, Plok para as Montanhas Cinzentas e Boldog para as futuras montanhas de Angmar.

Lá fundariam poderios negros e investiriam de tempos em tempos contra a força élfica e anã, sob ordem de Girgluin, o perverso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melkor "Morgoth Bauglir"

avatar

Mensagens : 29
Data de inscrição : 29/06/2010

MensagemAssunto: Re: The dark chamber    Qua Set 29 2010, 20:28

Em seus pensamentos sinistros, Morgoth desejava suplantar seus inimigos, destruir seus reinos e profanar suas terras. Ele desejava a vitória, mas para isso precisava saber contra quantos ele estava lutando, preparou então armadas pequenas, lideradas por Capitães fortes e perversos de Angband para irem para diversos locais medirem o poder de seus inimigos élficos em Beleriand. Quando ouviu falar da fortaleza anã no Monte Dolmed, irou-se mais ainda em perceber que seus inimigos se dividiam e cobriam maiores territórios.

Enviou Ashzurg para causar estrago em Dolmed, matar seu líder se possível, Ashnurg para Thargelion, terra dos Filhos de Fëanor e Ashvurg para Himring, fortaleza central de Maedhros, com a idéia de lhe fazer uma emboscada em suas caçadas. Mas Melkor, nada sabia de Grór I, ou que Thargelion agora era de Maedhros, o Primogênito de Fëanor.

Porém um Rei élfico lhe perturbava, um Senhor dos eldar lhe enchia de ódio, raiva e inveja este era Fingolfin, que mesmo exilado ainda parecia ter o amor dos Valar, a ele Melkor lançou todas as maldições que as sombras puderam guiar, tentou armar emboscadas, destruir sua cidadela enquanto ele estava de guarda baixa, mas falhou. E para o filho de Finwë ele estava preparando algo terrível em suas profundezas, tentaria então destruir Eithel Sirion e Tol Sirion, para conseguir espalhar suas maldade para o sul de Beleriand Oeste e esmagar os demais principes eldalië, na liderança ele mandou Krûstag e Kârnag, dois capitães de Angband antigos e cheios de ódio pelos elfos.

Logo ele se focaria na produção de um enorme exército, para cobrir as terras de Beleriand e Endor com seu estandarte negro e terrível.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: The dark chamber    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
The dark chamber
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Beleriand - The First Age  :: Área On [Reinos e Cidades] :: Morgoth :: Angband, a Prisão de Ferro-
Ir para: