Beleriand - The First Age

RPG dos Escritos de Tolkien
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Minas Malloth, o Palácio entre as Árvores

Ir em baixo 
AutorMensagem
Celegorm O Louro

avatar

Mensagens : 89
Data de inscrição : 29/06/2010
Idade : 28

MensagemAssunto: Minas Malloth, o Palácio entre as Árvores   Seg Ago 23 2010, 01:17

Minas Malloth foi construído na região de árvores colossais do Eriador, das árvores que começaram a crescer na primeira Primavera do mundo, estas velhas, poderosas e sombrias guardavam o dourado e luminoso palácio de Minas Malloth, mesmo dentro daqueles bosques, o dia parecia entardecer e caminhantes andavam com lamparinas, ou pegavam as que se encontravam juntas as árvores para iluminar os caminhos.

Mas aquele não era um entardecer cruel e perverso como os que possuíam muitos locais do norte entre suas montanhas, mas sim era um entardecer calmo e fresco, não era muito agradável a forasteiros, era gentil com os quendi, vigilante aos atani, fechado aos naugrim de qualquer estirpe. As copas das árvores eram altivas e abrigavam o canto de muito passáros bondosos e antigos, estes lá viviam antes do Sol e da Lua, corujas de várias cores, com olhos enormes para olharem na noite profunda.

Animais também lá viviam e poderiam serem vistos por entre as árvores, caminhando cautelosos em seus caminhos especiais e cheios de cautela, coelhos, cervos, vários outros do mundo antigo. De antes do sol e da lua, dos tempos das lamparinas dos Valar.

O Palácio não possuia torres altivas, mas sim baixas, não era um forte, mas um local de repouso, que permaneceria desconhecido por muitos séculos, protegido pela magia dos bosques e animais, era colossal se reparado, um palácio digno de muitos reis mortais, porém fora feito com a magia dos elfos para lá abrigar o tempo, consumar o passado, a tristesa, a sabedoria e assim aprofundar os conhecimentos daqueles que o necessitam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Celegorm O Louro

avatar

Mensagens : 89
Data de inscrição : 29/06/2010
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Minas Malloth, o Palácio entre as Árvores   Qua Out 06 2010, 00:33

Mesmo em Minas Malloth, um local focado a paz, na preservação e crescimento nas artes das tradições, havia um Lorde, que não comparecia as assembléias como os demais, por não ver necessidade de sua participação. Era um Eldar, daqueles que não nasceram em Aman, mas eram aqueles que despertaram nas águas de Cuiviénen, participando daquela Grande Viagem em direção ao Oeste Antigo. Mas também veio de Aman, com os barcos de Fëanor, sobreviveu as batalhas e lá estava, era entre todos os eldar do Eriador, o mais erudito nas tradições, o mais sábio nas artes dos eldar, conhecedor das línguas élficas, dos povos e suas culturas, poderoso na magia de Aman, seu nome verdadeiro era Mawï, porém seu nome em Quenya, adotado no idioma dos noldor de Aman era; Telebróni.

Cuidava de Minas Malloth, mas não era Senhor, nem admitia assim ser chamado, nem permitia o uso aberto do título de Lorde, era apelidado de Joalheiro, por ter feito pelas obras com suas artes, Poeta, devido aos textos magnificos poéticos e musicais que fizera em Aman. E ainda sim também por muitos o chamavam de "Mestre" um título de respeito, algo que o chamavam por gosto, não por dever. Era muito entendido dos assuntos dos quendi, de suas histórias, era muito sabido também dos feitos dos Valar, era também um dos únicos Eldar, que aprendeu os conhecimentos dos Senhores do Mar, a construção naval, suas canções, de tempos em tempos ele descia o rio até as bordas do mar, navegava até as praias de Anfalas e retornava para Minas Malloth, enchendo o mar com o lamento triste e belo da incomensurável dor dos noldor das terras de cá.

Sob sua guarda, Minas Malloth se encheu pelo chão com gemas preciosas, que brilhavam pálidas e prateadas como as estrelas mais antigas do firmamento, fez coláres, anéis, pulseiras, estas ele dava a todos em seu domínio por boa fé, ensinou avari, moriquendi, elfos-verdes e noldor a tecerem tapeçarias que encheram as paredes dos salões do Castelo.

Por seu poder ele também protegia os bosques, fazendo com que nenhum poder maligno pudesse ali adentrar, nem nenhum anão, e homem. Uma vez chegou ele a forjar uma arma, uma longa e larga espada, poderosa e terrível seria em combate, esta brilhava de dia, ou de noite com luz cinzenta, seu bramido fazia o som de um lamento triste e mesclado com sabedoria, esta ele guardava, desejava nunca usa-la.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Minas Malloth, o Palácio entre as Árvores
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Zuações... Entre no topico se vc faz.
» Só entre aqui se tiver coragem
» Diferenças Entre Spam e Flood!
» [FanFic] Entre o Céu e o Inferno #Chapter01
» Monstros entre nós. - MIssão para Brigitte e Klaus.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Beleriand - The First Age  :: Área On [Reinos e Cidades] :: Eriador-
Ir para: